Entrevista com Jimmy, vocalista da banda Kingdom Of Souls

Por: Vinícius Aliprandino

Levar adiante uma banda de Rock no Brasil, já não é fácil. O cenário musical atual não tem muita espaço para o gênero e se sua banda é do interior essa dificuldade é ainda maior. Porém, desistir e não fazer Rock and Roll seria um erro imperdoável. Na resistência da cena, temos uma diversidade de bandas espalhadas pelo país, entre elas a Kingdom Of Souls.

Formada em janeiro de 2010, na cidade de Matão-SP, já tive a oportunidade de entrevistar o vocalista da banda matonense, Jimmy, que dessa vez nos concedeu mais uma entrevista. Até no ano passado, quando conversei com Jimmy, a banda estava entrando em estúdio para gravar Coming Ages. Agora, o quinteto formado por Jimmy, Tidus, Alucard, Shadow e Tristão se prepara para gravar seu novo single, “Rest in Peace”.

 

 (P.A) Quais as influências da banda?

(Jimmy) A nossa banda tem muitas influências variadas, cada integrante curte um estilo diferenciado e isso transparece em nossas composições

(P.A)  Além da Coming Ages, existe algum outro material gravado?

(Jimmy) A gravação do nosso segundo single está marcada para o dia 26 de agosto, a musica se chama “Rest in Peace” e estamos muito ansiosos pra ver o resultado
(P.A) Quais os projetos da banda para 2013?

(Jimmy) Tocar bastante, continuar compondo e gravando
(P.A)  Sendo uma banda de Matão, interior de São Paulo, a oportunidade de shows e público é mais limitada do que uma banda da capital?

(Jimmy) Com toda a certeza a limitação é muito maior, ainda mais pra uma banda de rock que se foca em repertório autoral, o publico é menor e o numero de lugares pra se tocar nem se compara a uma capital.

(P.A) Como é o ritmo de shows da Kingdom of Souls?

(Jimmy) Sinceramente é um pouco parado, as vezes recebemos proposta para tocar fora mais geralmente o cachê não cobre os custos da viagem, isso dificulta bastante

(P.A) No Brasil, viver de música é uma tarefa não muito fácil, vocês tem essa pretensão com a banda?

(Jimmy) Realmente viver de musica no nosso país é muito difícil, a maioria desiste no caminho, mais quem faz um trabalho sério com dedicação e muito esforço sempre chega lá

(P.A) Como vocês enxergam o cenário do Rock and Roll atual?

(Jimmy) Apesar de não estar em grande lugar atual na midia, o cenario rock continua firme e forte como sempre, claro que tem muita coisa pobre mais garimpando um pouco fica evidente a força eterna do Rock n Roll

(P.A) Quais bandas da atualidade vocês citam como destaques e que
veem como grandes representantes do Rock n roll no Brasil?

(Jimmy) A galera do Rancore merece ser citada, uma banda que vem crescendo em um ritmo legal com grandes musicas de letras fortes, o Brasil precisa de mais bandas desse tipo

(P.A) Quais locais que vocês tocaram que ficou marcado na história da banda?

(Jimmy) Tocar pela primeira vez na capital paulista foi muito bom, mais a nossa apresentação mais marcante pra mim foi no colégio COC na nossa terra natal, tocamos para uma galera bem mais nova que a gente e cheio de energia, tive que me conter nos palavrões mais a experiência foi inesquecível hehe

www.facebook.com.br/kingdomofsouls

Confira a música Coming Ages no link abaixo

1 comentário Adicione o seu

  1. Théo disse:

    Muito boa a entrevista Jimmy, parabens a banda, conheço esses caras a pouco tempo e já os considero paks, boa sorte a banda e a todos individualmente. By: Théo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s