TOP 5: Filmes de Exorcismo

Por: Letícia Moraes

Esse post é para aqueles que adoram cenas de contorcionismo, baba verde, cabeças rodando freneticamente e ruídos estranhos.

Que dia é hoje? Não, não é véspera da bagunça carnavalesca, hoje é sexta-feira 13, o dia do azar! E pra comemorar essa data que gira em torno de muitas lendas e histórias que talvez sejam reais, faremos um TOP 5 dos melhores filmes de exorcismo, levando em conta que eu assisti quase todos os lançados, sejam antigos ou atuais, vou tentar ser justa com aqueles que têm as melhores cenas, melhor roteiro e que deixem aquele frio na espinha. Vamos conferir?

5º lugar: O Exorcismo de Emily Rose (2005)

emily rose 2

Dos filmes escolhidos esse é o que menos tem cenas horripilantes, mas temos que confessar que em questão de roteiro é o que mais faz sentido, pois deixa totalmente claro que talvez Emily tenha sido uma “doida varrida” e não uma “possuída”, ainda abrange aspectos como a fé e resolve colocar a menina possuída em um celeiro em noite chuvosa para ser realizado o ápice do seu exorcismo. Sabemos que esse filme não termina bem, como a maioria dos outros, e que a pobre Emily sempre tão devota à sua igreja, vira história para testar a fé e a existência do diabo. Ah e pode admitir, você ficou com medo de acordar entre 3:00 e 3:33 da manhã quando assistiu o filme pela primeira vez.

4º lugar: Filha do Mal (2012)

filha do mal

Podem apedrejar, pois muita gente simplesmente detestou esse filme, mas ele merece estar aqui porque é um dos raros filmes de exorcismo que abrange um roteiro diferente, conta a história de uma mulher que matou três pessoas durante uma sessão de exorcismo e foi internada em um manicômio, sua filha resolve estudar o seu caso, com medo de que a loucura de sua mãe seja genética e a atinja de certa forma. Para entender melhor a “doença” de sua mãe, ela entra em contato com um Padre e toda sua equipe, assiste o exorcismo de uma outra garota possuída, ficando entre o crer que aquilo é real ou apenas a mente das pessoas que as fazem acreditar, buscando de forma insaciável ajuda para a “cura” de sua mãe.

3º lugar: O Ritual (2011)

o ritual

Adaptado de um livro que diz ser baseado em fatos reais, esse filme conta a história de um estudante seminarista cético, que apesar de frequentar a escola de exorcismo no Vaticano tem dúvidas frequentes sobre a existência do diabo, ele é orientado a “estagiar” com ninguém mais ninguém menos que o personagem interpretado por Anthony Hopkins, que tem uma atuação fervorosíssima, assim em como todos os seus trabalhos. O jovem Padre é desafiado pela sua fé, não sabendo distinguir entre o que é real ou o que se trata de uma doença mental, até que se encontra em um impasse e com a ajuda de uma jornalista precisará exorcizar o Padre veterano que acompanha.

2º lugar: Invocação do Mal (2013)

invocação

Baseado em histórias que o casal paranormal Ed e Lorraine contam ter desvendado como caso, esse filme mostra a história de um casal que passa a viver em uma casa mal-assombrada. O roteiro do filme pode parecer bem clichê, porque ele começa com o bla bla bla de “fatos reais” e envolve uma casa assombrada, assim como um exorcismo realizado em um porão, mas está bem colocado devido as cenas marcantes que consta e também por ter sido um dos filmes de terror mais atuais com boa qualificação de grandes sites de cinema. O melhor fator desse filme é que apesar de envolver muitas crianças (pra que tanto filho?) a escolhida para ser assombrada é a mãe, fugindo do clichê de filmes de terror. Se você já brincou de “bata palmas” com os olhos vendados, não quis mais brincar depois de ver esse filme.

1º lugar: O Exorcista (1973)

exorcista

Sério, você tinha alguma dúvida que o 1º lugar seria desse filme? Não tem como não ser, apesar de existirem poucos filmes sobre o tema mais antigos do que esse, foi ele que liderou cartazes de cinema e fez pessoas desmaiarem ao assistir, claro que hoje quando assistimos só pensamos “que filme mal feito”, mas vejam o ano em que foi criado, descer a escada de ponte e vomitar verde era o show de efeito especial da época, um filme sempre deve ser avaliado de acordo com a década em que foi lançado. E “O Exorcista” não se trata apenas de cenas fortes e pessoas chorando de medo pela garotinha possuída, se trata de ter sido o primeiro filme sobre possessão com grande repercussão e que criou todos os outros clichês encontrados nos demais filmes. Confesse, você dormiu na cama dos seus pais por uma semana quando o viu pela primeira vez, acertei?

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s