Camões lança o EP Anilina

Por: Vinícius Aliprandino

 

Camões - Anilina EP

O cantor carioca Camões lançou recentemente seu mais novo EP. Intitulado “Anilina”, o disco foi produzido pelo próprio artista e contou com a participação de vários amigos do músico.

Além da produção, o carioca ficou responsável por boa parte do instrumental. Vários nomes foram convidados para participar dessa nova empreitada do artista. Entre eles estão as vozes de Luiza Nigri, na música “Jorge”, e Amber Waltz, que participa na faixa “Web”. A masterização ficou por conta de Guilherme Gautreaux, Daniel Ruiz e William Lage.

Para realizar o processo e alcançar os objetivos almejados nesse trabalho, Camões se equipou com uma controladora MIDI, pegou emprestada a guitarra de um amigo, e convidou amigos baixistas para gravar.

De acordo com a assessoria do músico, a ideia ao longo das quatro faixas de “Anilina” é a de trazer a sensação de uma viagem para o ouvinte, fazendo com que as vozes se tornem uma expansão do universo e das histórias contadas pelas canções. “Em “Web”, a ironia do eu-lírico, uma menina viajante, saudosa do namorado que na verdade só quer revê-lo para acabar de vez com o namoro, se completa com a voz suave da Amber. E em “Jorge”, a voz da Luiza que fica entre o suave e um soul carregado, passa a ideia da dialética entre o bem e o mal presente na música”, analisa Camões.

“Anilina” foi a faixa escolhida para dar nome ao EP, pois, de acordo com o artista, a palavra tem uma sonoridade legal. No entanto, após pesquisar mais afundo sobre o elemento químico, o músico descobriu uma relação maior com seu novo trabalho. “Depois, pesquisando sobre o elemento químico, descobri que ele tem um paradoxo interessante: é um composto orgânico líquido de odor característico que lembra o cheiro de peixe podre, e um sabor aromático cáustico, de veneno amargo. Entretanto, é matéria prima pra diversos corantes, além de preservativos masculinos e femininos. Esse paradoxo se relaciona bastante com a visão do amor que tento passar nas canções: esse colorido que na essência tem sabor de veneno amargo”, explica.

Além de “Anilina”, “Web” e ”Jorge”, as faixas que compõem o disco são “There’s no love” e mais uma faixa-bônus de “Anilina”, em uma versão vaporwave – uma corrente da música eletrônica que surgiu do chillwave dos anos 2010 e busca novos sentidos em elementos nostálgicos sampleados, em geral dos anos 80 e 90. A intenção do cantor foi a de buscar uma nova visão para a música, ainda com o mesmo ritmo, mas gerando uma sensação completamente diferente no ouvinte.

O trabalho finalizado pode ser conferido nos links abaixo:

Spotify: http://bit.ly/1Qqrsmq

Deezer: http://bit.ly/1QGYVbn

Rdio: http://on.rdio.com/1HTABMb

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s