“Efêmero” é o novo EP dos mineiros da Elízia

Por: Vinícius Aliprandino

Elízia - Efêmero

O rock alternativo segue firme e forte na estrada.  Dessa vez a banda que dá mais um gás na cena e a presenteia com novo trabalho é a Elízia. A banda de Belo Horizonte – MG lançou recentemente seu segundo trabalho. Intitulado “Efêmero” o EP foi produzido por Mateus Mendes (MM’s records) e Rodrigo Nueva.

O quarteto formado por Ana Sarmento (vocal), Rodrigo Nueva (guitarra), Gustavo Silva (baixo) e André Figueiredo (bateria) surgiu em 2014 e tem como principais influências bandas como Muse, PVRIS, Paramore e Circa Survive.

Contrariando o individualismo que prejudica a cena, os mineiros fazem parte de um coletivo de bandas chamado “Murro”.

Elízia - Ensaio efêmero © Flávio Charchar - WEB-1633333333
BRASIL / MINAS GERAIS / BELO HORIZONTE / Elízia – Ensaio “efêmero” © Flávio Charchar

O álbum

Mas voltando ao assunto principal que é o EP, “Efêmero” traz quatro faixas com muito peso e originalidade. O disco começa com a faixa “O Contorno” e é indiscutível a qualidade e as influências de Muse, principalmente nos timbres do baixo. “O contorno que nos desenhamos era torto demais pra continuar, a vida que nós construímos foi pequena demais pra aguentar” são alguns dos versos que são declamados pela voz potente Ana Sarmento.

Em seguida “Efêmero” mostra um pouco mais de psicodelia e um som mais dançante com a faixa “O que você quer”.

A terceira música segue com a bateria marcando a abertura da canção. Mais lenta e leve do que as duas anteriores, a faixa traz mais uma vez a combinação do instrumental e a força do vocal de Sarmento. “É tão clichê, mas vivo um dia após o outro, não é tão simples, mas só co o tempo a gente vê” são as palavras que ganham peso no refrão da música “Promessas levam a nada”.

Para finalizar o grandioso trabalho que a cena musical mineira traz, em ritmo mais baladinha, a “Quando tudo acabar” vem pra fechar como se fosse uma calmaria após a tempestade – não que a tempestade anterior fosse ruim, muito pelo contrário, e nem que a calmaria dessa última canção seja mais fraca, longe, muito longe disso. A canção mostra que a banda consegue se renovar a cada nova faixa do EP e sem perder sua essência. “Então me diz o que você vai oferecer e o que vai ficar quando tudo acabar. E os motivos que te fizeram parar fazem algum sentido agora”.

Elízia - Ensaio efêmero © Flávio Charchar - WEB-72222222
BRASIL / MINAS GERAIS / BELO HORIZONTE / Elízia – Ensaio “efêmero” © Flávio Charchar

E como a banda está a todo vapor, o quarteto planeja agora um videoclipeda faixa “O Contorno” e está pronta pra cair na estrada e levar esse trabalho para cidades dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Mas enquanto a Elízia não divulga o clipe, podemos conferir esse novo trabalho do grupo que está com muita energia e vontade de rock. Confiram aqui a página da banda no Facebook e o EP e no link abaixo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s