Daniel Bessa lança “Rústico”, seu primeiro EP

Por: Vinícius Aliprandino

maxresdefault

Recentemente o cantor e compositor Daniel Bessa deu vida a seu primeiro trabalho – o EP “Rústico”. Com seis faixas, o disco traz uma pegada violão e voz ao longo do álbum.

Para a gravação, Bessa não contou com um estúdio convencional e com toda a aparelhagem que geralmente está presente nas produções, porém diretamente de um apartamento, do próprio Daniel, e uma casa, ambos na cidade de Niterói no Rio de Janeiro, o músico se dedicou de modo a não deixar de lado a qualidade em seu trabalho.

O nome do álbum é uma referência ao modo como o EP foi gravado. De acordo com Daniel as músicas foram gravadas na essência do momento de criação (voz e violão) e levaram o mínimo indispensável que cada canção pedia.

O EP se inicia com a canção: “Bem (Canto da Renovação)”. A música que abre o trabalho traz uma mensagem de motivação, incentivo e pra nunca desistir dos sonhos, independentemente de qual for a situação. “Nós vamos voltar à vencer e não me diga que o sonho acabou. Não desista nem por um momento. Insistir por mais difícil que possa parecer fazer, merecer e ficar bem”.

Em seguida o EP segue com a faixa “Fique Aqui” segue com uma mensagem um tanto questionadora quanto ao sentido da vida e complementa a ideia anterior em “Bem (Canto da Renovação)”, carregando uma mensagem motivacional para não desistir do caminho a ser trilhado, que mesmo com tantas dificuldades que encontramos ao longo da vida, devemos ainda seguir adiante em busca dos nossos objetivos. “Buscamos o nosso rumo, mesmo com tantas lesões, buscamos saber a verdade e no caminho, várias lições. Às vezes tememos o mundo, suas faces e desilusões. Entendemos sua coragem. Compreendo nossas visões”, são alguns dos versos citados.

A terceira faixa de “Rústico” é a canção “Ela”. A música que já ganhou um vídeo com Daniel cantando e tocando nas areias da praia de Icaraí (Niterói – RJ), com o som das ondas do mar ao fundo, traz uma declaração a uma musa que inspira o artista. No EP, “Ela” não conta com o instrumental da natureza de fundo, mas Bessa compensa na qualidade da canção, igual faz nas demais músicas do disco. Na declaração o cantor conta a sua inspiração que se sente completo apenas ao está ao lado dela. Na poesia do artista, a sensação de estar junto da pessoa amada é semelhante a busca do infinito e da lua conseguir tocar o sol. “Me sinto como a lua tocando o sol, em busca do infinito como se fosse um só. Você me faz sentir como nunca senti. Nesse recomeço de volta para o sol”.


“Rústico”
segue e aqui chegamos na quarta faixa. Nessa altura percebemos que o tempo escutando o álbum passa despercebido e já estamos além da metade do trabalho de Daniel, que assim como tudo aquilo que gostamos de fazer parece passar rápido. A canção de que falamos agora é a “Mil e Quinhentos Motivos”. A música se inicia com dedilhados de violão e assim como o álbum que passa despercebido sua primeira metade diante de nossos ouvidos, a canção cita a mesma situação com relação a vida. Nos versos da faixa podemos perceber que a vida passa rápida e que não devemos perder o tempo precioso com medo ou a chorar. Mais uma vez, Bessa traz uma mensagem de motivação para enfrentar os problemas, não desistir dos sonhos e não deixar de viver e aprender com cada momento. “O tempo passa e a noite chega com a vida pedindo atenção. E ela chega tão dura, inquieta com uma voz de afirmação: Não sinta a fome de viver com medo, seja uma alma a cantar. Por mais que haja algum empecilho não há tempo pra chorar”.

“Destino” é a próxima da lista. Desta vez o artista fala sobre se reinventar, florescer, aceitar ser quem cada indivíduo nasceu para ser  e nunca envelhecer. “E não, não me peça pra aceitar. Os outros que insistam se atrasar. O caminho é um só. Ai de você se negar. Ser quem você nasceu pra ser”.

Encerrando o trabalho, “Espero que Saiba” é a faixa mais calma de “Rústico”. Nesse grande final o artista reserva o espaço para falar sobre saudade de alguém que se foi e saber que, mesmo distante, ainda pode contar com essa pessoa. A letra parece trazer uma homenagem a alguém que o cantor perdeu e que era de grande importância para ele. Nos versos, Daniel relata lembranças dos momentos vividos com essa pessoa. “Os dias passam e não posso esquecer tudo que fez somente pra ver.  Um imenso sorriso em mim radiar, um estilo de vida o qual quero lutar. Anjo, meu anjo que está no céu, fale pra mim ou escreva em um papel. Diga pra mim o que quero escutar.  Fique esperando quando eu for chegar”.

Confira o EP “Rústico” e acompanhe o trabalho de Daniel Bessa clicando nos links abaixo.

 

Facebook

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s