O terceiro turno de Almir Chiaratti

Por: Letícia Moraes

terceiro

Inspirado pelo momento político vivenciado em nosso país, Almir Chiaratti, cantor e compositor carioca lançou seu novo single: Terceiro Turno. Ele mescla arranjos e sonoridades modernas que dão um ar diferente de seus outros trabalhos.

O processo de composição se iniciou em agosto, mas em menos de dois meses o trabalho já estava pronto. As tensões políticas atuais, as discussões em redes sociais e o “campo de guerra” formado entre opiniões opostas foram essenciais para o surgimento da canção.

Com influências de Chico Buarque e Tom Zé, Almir buscou fazer uma crônica de sua criação se tornar a letra do single, associando a ideias de instrumentos diversificados e notas propícias que entoaram ainda mais o calor musical, tudo em perfeita combinação e sintonia.

O cantor buscou utilizar instrumentos e sons que ainda não havia se familiarizado. Enquanto Almir fez uso do violão, bandolim e arranjos de percussão, Felipe Pacheco chegou com seu surpreendente violino, Eduardo Rezende deu vida ao groove da música, Vitor Damiani fez sua colaboração nos corais e vozes e Mateus da Silva alegrou com seu saxofone.

A gravação aconteceu no estúdio Camelo Azul (Rio de Janeiro), com mixagem de Luiz Felipe Netto e masterização de Luiz Tornaghi. A capa super criativa da canção ficou a cargo da pintora e atriz Pally Siqueira. Em cada detalhe o trabalho se tornou arte.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s