Filtra lança clipe em favor da liberdade

Por: Letícia Moraes

17523201_1490528930968959_8396501626054870546_n

O grupo do Rio de Janeiro, Filtra, é conhecido pelas suas apresentações sem amarras, com um foco no presente e bem fluídas. Lançando o clipe de “Setenta” com a participação de amigos que interpretaram muitas expressões em cenário único, frente à câmera. O resultado foi de um vídeo divertidamente brasileiro, que mostra toda a riqueza do nosso povo.

A letra se apresenta com grande teor político, como resposta ao conservadorismo, um gesto de resistência à diversas opressões sofridas pelo nosso povo, uma revolta à ditadura do presente e do futuro que ainda se encontram por aí. A gravação da canção também foi um rito de passagem para João Gambier, o novo guitarrista da banda.

“A pessoa chegava e tinha liberdade para fazer o que quiser em frente à câmera. Só pedimos para tentar cantar um pouquinho da música, com letra errada ou certa, não importava muito. Importava mais a diversidade das pessoas mesmo. O clipe e a música tentam passar um pouco isso, da individualidade de cada um, que cada um tem a sua própria arte e devemos respeitar isso”, explica Mateus Nagem, baterista.

Através da inspiração pela arte brasileira, revidando a selvageria com criatividade. A composição cita peças teatrais, autores da literatura brasileira, movimentos de contracultura, obras que foram importantes durante o período da ditadura militar no Brasil. Um berro pela liberdade é o principal foco do clipe.

Fizeram participação várias personalidades da cultura carioca, como: Bayard Tonelli (ex-integrante dos Dzi Croquettes), Lian Tai (modelo), Cyro (banda Menores Atos), Felipe Fiorini (ex-Barizon e Plastic Fire), Fred, Robertinho e Pipe (banda Comodoro), Arianne Felix, Alice Petry, Ludimilla Angeli e Kamilla Neves (atrizes de teatro), Riko Vianna (cantor), Rodrigo Galha (baterista), Martina Bollentini (designer), entre outros.

Além do clipe de “Setenta”, a Filtra deixa a previsão de lançamento de mais um single, antecipando novas influências, sonoridades e texturas do som da banda, além da gravação de um EP ao vivo com três músicas e novos clipes. Também há uma chance da banda produzir seu segundo álbum “Cheio” pelo estúdio Superfuzz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s