Folk e psicodelia se unem em single da banda Pantaleão

Por: Letícia Moraes

Pantaleão JB-14

O ousado novo single da banda Pantaleão “Clifford Brown” retrata a saga de vida e morte de um famoso trompetista, que toca seu instrumento com toda a força contra tudo e contra todos. A canção no fundo traz uma metáfora para os medos modernos, com influências de folk e psicodelia.

“Um dia eu cantarolava na rua algumas melodias quando passei por um trompetista de jazz tocando em uma esquina a plenos pulmões. Era como se ele estivesse desconstruindo toda a sociedade moderna em um solo fenomenal. Aquela liberdade harmônica do jazz ficou retumbando como manifesto poético na minha cabeça até que veio em mente justamente o Clifford Brown e o peso da morte”, conta André Buarque, integrante da banda.

André Buarque (voz e violão), Paulo Valente (saxofone, trompete, flauta e teclados), Pedro Salek (bateria e percussão) e Arthur Trucco (baixo e vocais de apoio) formam a Pantaleão, banda carioca que demonstra maturidade em suas canções. Apresentam o single que faz parte do EP “Labirinto”, gravado no estúdio Camelo Azul com produção independente e de Barbanjo Reis.

O som dos quatro músicos vai do calmo ao agitado, com influências de blues, rock, música folclórica e experimentalismo. O nome exótico da banda veio do personagem principal do livro “Pantaleão e as Visitadouras” do peruano Mario Vargas Llosa. O single “Clifford Brown” marca o início da parceria entre a banda e a Sagitta Records.

Ouça “Clifford Brown” em: SpotifyDeezeriTunes e Google Play.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s