Cavaca Records lança “Saudade de Muzambinho” de Xoxoto e conversa com Papo Alternativo

Por: Vinícius Aliprandino

saudade de muzambinho capa

No mundo da música , situações estranhas acontecem. Algumas nem tão misteriosas, outras que carregam esse ar, que nos deixam com a pulga atrás da orelha. Recentemente, motivados pelo segredo por trás de uma história no mínimo curiosa , o pessoal do selo Cavaca Records lançou o EP do desconhecido Xoxoto.

O artista é desconhecido. Ninguém sabe quem é, onde vive, se está vivo, ou até mesmo se ele realmente existe. O que se sabe são apenas os vestígios, que serão relatados ao longo desta matéria e que também já foram contados por outros sites. As informações afirmam apenas que Xoxoto é um músico, que vivia na cidade de Muzambinho-MG, e seguiu rumo à São Paulo para trabalhar. Desde então a família não soube mais do seu paradeiro.

A primeira vista, sem olhar a história sobre o contexto geral, tudo parece ser normal, tratando-se apenas de um artista desconhecido e uma porção de trechos musicais deixada dentro dos disquetes, que foram de alguma forma parar dentro de uma CPU de uma loja. Porém a história não é tão simples e os fatos estranhos, retratados, não são apenas de um universo vivenciado pelos produtores, mas que chegou até mesmo, as caixa de e-mails de alguns sites de jornalismo cultural.

Em entrevista concedida ao site Hits Perdidos, os fundadores do Cavaca Records, Cainan Willy e Yasmin Kalaf, contaram que tudo começou, no início do ano, quando procuravam uma CPU antiga para decorar as dependências do Inhamestúdio. Ao abrirem o computador, se depararam com uma pilha de disquetes, os quais continham várias músicas inacabadas – e se tratava de Xoxoto.

De acordo com os produtores, daí nasceu uma vontade de investigar, já que a pulga estava atrás da orelha com tanto mistério. Cainan e Yasmin encontraram o e-mail de Laala Silva – a irmã do músico – e, com certa dificuldade, conseguiram algumas informações a respeito do morador de Muzambinho – MG. Porém a identidade ainda é desconhecida. Ao que se sabe, de acordo com Laala, Xoxoto teria vindo a São Paulo para trabalhar como músico de apoio de uma banda.

Utilizando parte do material encontrado, os produtores, uniram as peças de um quebra-cabeça, todo dividido entre músicas e mais músicas, guardadas em disquetes e concluíram o EP, o qual nomearam como “Saudade de Muzambinho”, com 4 faixas.

De acordo com Cainan e Yasmin, o EP retrata momentos cruciais da vida de Xoxoto, em sua cidade Muzambinho durante os anos 70, 80 e 90. As canções que integram o EP são: “Bem-Vindo“, “Single“, “Xöx” e “Saudade de Muzambinho“.

xx2_

Xoxoto na internet

No mês de abril, a equipe do Papo Alternativo, também recebeu um release vindo de uma suposta irmã do Xoxoto, trazendo o primeiro single do músico. Algo que já soava como misterioso, estranho e com um ar de coisa muito interessante. A história contada no release nos chamou a atenção, porém realizamos uma matéria a respeito da música do artista misterioso, sem dar muita atenção às bizarrices.

Em matéria do site Hits Perdidos, Rafael López Chioccarello, contou que durante um show, alguém arremessou um disquete em suas costas. Ao ver o nome “Xoxoto“, Chioccarello decidiu procurar pelo artista e encontrou a página do Soundcloud do músico. Alguns dias depois, Rafael também recebeu um release vindo da irmã do Xoxoto.

Espalhando o Xoxoto

Apesar de ter muito mistério envolvido e nenhuma certeza, nem a respeito das informações passadas por Laala, a irmã do Xoxoto, os produtores não se deram por vencidos e optaram por produzir o EP. Juntaram os disquetes, e além de produzirem, saíram por aí distribuindo os mesmos, por alguns cantos da cidade de São Paulo.

Na matéria em que divulgamos o primeiro single do artista, um leitor afirmou em nossa caixa de comentários, dizendo que havia encontrado um dos disquetes, em um banheiro, de um restaurante da Rua Augusta.

IMG_4024-2

Yasmin Calaf e Cainan Willy (Cavaca Records)

Além das matérias citadas, Cainan e Yasmin também explicaram toda a história ao Podcast Crocante.

Bizarrices e mistérios a parte, o EP está finalizado e divulgado, o Cavaca Records afirma que futuramente já pensa em lançar e divulgar outros artistas, e, talvez até mesmo, outras músicas de Xoxoto.

É esperar pra ver o que virá a acontecer nessa história envolvente e cheia de segredos e partes de um quebra-cabeça.

Além do selo, os produtores já possuem outros trabalhos no meio cultural. Cainan é um dos idealizadores do site Pacóvios, trabalha como assessor de imprensa de vários artistas, e, ao lado de Yasmin, trabalham juntos no Inhamestúdio.

Para entender um pouco melhor esse mistério e a respeito do trabalho que o Cavaca Records está iniciando, o Papo Alternativo realizou uma entrevista com Cainan Willy e Yasmin Kalaf. Confiram esse papo alternativo logo abaixo.

17309000_1782105165441341_1871454260174028473_n



(Papo Alternativo) Cainan e Yasmin, contem pra gente como foi o trabalho de produção do EP? Digo a respeito de colocar o disquete pra funcionar, juntar as músicas, conversar com a irmã do Xoxoto, entre outras situações que são necessárias pra produzir um EP normalmente e as que foram necessárias para produzir em específico esse trabalho.

(Cainan) Logo de cara uma das dificuldades que enfrentamos foi conseguir um computador que fizesse a leitura dos disquetes. Hoje é raridade encontrar pessoas que usam CPU, mais difícil ainda é achar uma CPU que tenha slot para disquete. Quando finalmente começamos a abrir os arquivos, ficamos assustados com quantidade de material que tínhamos, além das fotos que já havíamos encontrado junto com os disquetes, agora a gente tinha um monte de segundos musicais e junto eles poderiam ser músicas de verdade. Começamos então o trabalho de procurar arquivos que fossem parecidos e fomos montando o quebra cabeça do Xoxoto.

O nome dele estava gravado na maioria dos disquetes, então começamos a pesquisar no Google mas não achamos nada relevante. Ao entrar em contato por e-mail, uma pessoa se dizia irmã do cara passou algumas informações confusas pra gente, e assim fomos vendo que toda essa história tinha mais uma história e na medida que tudo se encaixava, muitas dúvidas surgiam ao correr do caminho. Ela é uma pessoa de difícil contato, raramente responde nossos contatos, mas quando aparece é sempre com uma resposta e isso nos cria uma grande interrogação.

(Yasmin) A produção do EP foi bem complicadinha, a gente não sabia mexer nos programas direito, não sabíamos como melhor encaixar as coisas, mas no final deu certo, e além de tudo foi bem divertido. Pedimos ajuda pra muitos amigos e eles foram guiando nossos trabalhos, vimos muito conteúdo no YouTube e acho que isso ajudou a deixar o trabalho o mais natural possível, não mexemos em muita coisa não.

O contato com a Lalaa (irmão do Xoxoto) foi bem breve, conversamos com ela por email, ela contou para a gente um pouco da historia deles e que ela havia perdido o contato com ele quando ele veio par São Paulo.


(Papo Alternativo) Um leitor comentou aqui no Papo Alternativo, que encontrou um disquete do Xoxoto em um banheiro de restaurante na Rua Augusta, em São Paulo. Vocês têm um trabalho de distribuir os disquetes que encontraram na CPU, por cantos de São Paulo. No caso deste disquete encontrado, não foi nenhum de vocês que o colocou lá?

(Yasmin) Nós distribuímos vários disquetes, todos eles foram estilizados por nós mesmos, em casa. Os arquivos que encontramos dentro da CPU não distribuímos e não vendemos ainda. Fizemos isso porque ainda não mexemos em todos. Então ainda tem material dentro deles que nós nem conseguimos mexer.

(Cainan) Não fizemos uma contagem, mas eu chuto que tenhamos distribuído por aí, ao todo, mais de duzentos disquetes. Então fica difícil dizer quem deixou, quando e onde. Mas eu imagino que tenha sido sim algum de nós dois, ou quem sabe algum entusiasta da ideia. Quem sabe seja uma pista do próprio Xoxoto brincando com a nossa imaginação (risos).

xoxoto

(Papo Alternativo) Como está sendo esse processo de distribuição?

(Cainan) Em relação a distribuição dos disquetes, nós demos uma parada por alguns motivos, dentre eles é a falta de tempo para passar uma tarde inteira escrevendo frases estranhas e criativas em disquetes malucos. A outra é porque acabou nosso estoque de disquete em casa também e agora vamos ter que sair pra comprar (quem quiser doar, nós aceitamos).


(Papo Alternativo)
Vocês pretendem produzir mais trabalhos do Xoxoto?

(Yasmin) Não sabemos ao certo o que pode vir. Talvez o material que temos esteja ruim ou não finalizado como as músicas do EP “Saudade de Muzambinho”, mas temos uma boa quantidade de disquete pra analisar ainda. Então pode ser que sim.


(Papo Alternativo)
Com relação a identidade do músico, ainda continuam na busca por encaixar peças desse quebra cabeça?

(Cainan) Total, essa história ainda é uma incógnita nas nossas vidas. Esperamos que com o lançamento desse material ele apareça, quem sabe ele é fã do Papo Alternativo e tá aqui lendo nossa conversa?

(Yasmin) De fato não conseguimos contato com ele, só com a irmã que também não tem mais contato com ele. E ninguém, até agora, sabe o paradeiro dele.

18157150_797315307100948_2990837007743790630_n

Arte por: Yasmin Kalaf Lopes


(Papo Alternativo) E sobre o Cavaca Records, contem pra gente um pouquinho sobre esse trabalho, e como está sendo a repercussão do lançamento do EP “Saudade de Muzambinho”.

(Cainan) Nosso primeiro sensor foram os nossos amigos mais próximos, pra eles nós contamos a história do Xoxoto e no começo ninguém queria acreditar e aceitar que era tudo verdade. Mas quando mostramos os disquetes, as músicas e as fotos, a galera ficava de queixo caído, as vezes se sentindo até meio assombrado com aquela situação inusitada. Mas todos comentavam que o trabalho era incrível, que as músicas eram legais e as fotos divertidas. Isso incentivava o nosso desejo de divulgar o EP e fez a gente meter as caras e finalizar as paradas.

A repercussão tá sendo bem massa, já apareceu gente elogiando nosso trabalho e coragem em investir tempo nesse projeto e o mais legal é isso aqui, os jornalistas se interessando, fazendo perguntas e o público parando alguns minutinhos do seu dia para ler e ouvir a música do Xoxoto.

(Papo Alternativo) Quais os próximos passos com o Cavaca Records?

(Cainan) A nossa ideia mais urgente é finalizar os merchs do Xoxoto, dá pra adiantar que queremos produzir fita K7, CD e mais disquetes (dessa vez com trechos das músicas dentro) e mais algumas ideias. Estamos verificando qual a maneira mais viável de produzir esses materiais e logo, logo deve estar tudo na praça.

Um pouco mais pra frente queremos trabalhar com algumas outras bandas, já estamos em contato com algumas deles, mas infelizmente não posso adiantar muita coisa. Quando esses planos se concretizarem eu volto aqui no Papo Alternativo pra comentar sobre essa galera nova.

equipe cavaca

Crédito: Vitor Albuja

(Papo Alternativo) Cainan e Yasmin, obrigado por baterem esse papo alternativo conosco. Esta última questão é reservada para vocês deixarem uma mensagem pra quem leu a entrevista.

(Yasmin) Esperamos que vocês tenham curtido o álbum, e entendido um pedacinho da historia desse cara misterioso, se você tiver alguma informação sobre ele, conta para nós, vai nos ajudar a chegar até ele.

(Cainan) Ah que massa, um espaço aberto para dialogo, né? Primeiro eu quero agradecer ao pessoal do site Papo Alternativo, Vinícius Aliprandino e Letícia Moraes. Vocês são incríveis. Muito obrigado pelo espaço e por todo trabalho que vocês desempenham, apoiando diversas bandas de música alternativa.

Agora, pra você que gastou alguns de seus preciosos minutos lendo essa entrevista, eu te convido a ouvir o EP “Saudade de Muzambinho”. Ele está disponível no YouTube e no SoundCloud. Em breve em mais algumas plataformas digitais. Depois joga um papo lá no nosso inbox do Facebook ou comenta aqui no Papo Alternativo se gostou. Se não gostou e fique em paz. Um abraço a todos os habitantes de Muzambinho!

 


Confiram o EP “Saudade de Muzambinho” nos links abaixo e acompanhem o trabalho de Xoxoto através da página oficial do artista no Facebook. Não deixem de também acompanhar os trabalhos e as novidades da Cavaca Records.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s