O Incólume trilha seu caminho “Vivo, São e Salvo” e sem respostas prontas

Por: Vinícius Aliprandino

thumbnail_IMG_9959

Com os pés no chão e caminhando sem se preocupar com a direção imposta por alguém, a dupla Incólume aponta no cenário musical trazendo o clipe de “Horizonte de Concreto”. Feito esse que aconteceu logo após o lançamento do EP “Vivo, São e Salvo” e trouxe cinco músicas para dar vida ao trabalho do duo.

O clipe traz uma mistura proposital de imagens aleatórias, sendo algumas antigas e outras atuais. O motivo é justamente para reforçar a mensagem da canção: enquanto o tempo passa, a vida segue, a cidade cresce e o horizonte de concreto se faz cada vez mais presente. Assim como diz a canção, em cada esquina existe alguém gritando, clamando por socorro, mesmo que a voz não saia, ou não seja ouvida. Muitas das vezes, abafada ou camuflada por uma falsa imagem passagem de que “está tudo bem”.

A canção retrata os pensamentos e conflitos do homem médio das grandes cidades. Todos os dilemas, tristezas e revoltas que nos atingem ao longo da vida são de certa forma representadas pela sequência alucinante das imagens escolhidas. São muitas sensações num curto espaço de tempo e nenhuma resposta pronta pra nada. Ficam as sensações e em as vezes até mesmo o vazio, mas apesar de tudo não falta esperança de alcançar algum sentido e a busca continua”, explica a dupla.

A produção e direção ficaram a cargo de Jonas Munhoz – produtor de áudio visual que mora na cidade de Santos, litoral de São Paulo.

Já o EP contou com o trabalho de Gustavo Miranda na produção, mixagem e masterização que rolou no estúdio “Sonitum” em Barueri-SP. Mirando também foi o responsável pela gravação das faixas, que aconteceram no Studio Vanni – na mesma cidade.

 

Novidades

E a Incólume não para por aí. Neste mês de outubro, o duo paulista começa a produção da canção que abre o “Vivo, São e Salvo“. “Este mês começa a produção do próximo vídeo que será da canção que abre o EP, Coragem. O vídeo será produzido pela Cafofo Filmes e dirigido pelo produtor Gil Gonçalves”, contam os músicos.

Coragem” – a música escolhida para abrir o disco e agora para ganhar clipe – é a favorita da banda. Questionados a respeito, os músicos contaram que esta é a faixa que, além de ter um gosto especial para eles, é também uma reflexão e motivação para ir em busca dos sonhos.

Essa música é uma reflexão sobre o que diabos nos faz seguir firmes em busca de nossos sonhos e objetivos. As vezes nem faz sentido persistir no que fazemos mas basta subir no palco e entender o porquê fazemos o que fazemos. É a nossa vida! As demais canções do álbum tem significados distintos, mas todas convergem para o homem médio e suas reflexões e desejos. O homem que quer coragem pra seguir seus sonhos, não entende como as injustiças a sua volta perduram, observa o mundo a sua volta, ama e sente e sabe da importância de se duvidar antes de acreditar cegamente em tudo”, comentam.

 

Influências e formação

A dupla formada por Maurício CJ (bateria) e Edson Bezerra (guitarra e voz), surgiu durante o hiato de outra banda a qual os músicos fazem parte. Com um tempo sobrando para compor, os dois se juntaram e optaram por formar um duo.

Com letras não tão diretas, a banda aposta nessa fórmula para transmitir aquilo que pensam e sentem, mas tudo sem se tratar de verdades únicas e sem pretensões em trazer respostas prontas.

As influências musicais são variadas, passam por Nirvana, Pearl Jam, Belchior e Arnaldo Antunes – as quais Edson e Maurício já gostavam há algum tempo – e chegam a artistas, os quais a dupla passou a acompanhar recentemente – como é o caso de nomes como como The Baggios, Vespas Mandarinas e Black Pistol Fire.


C3RxMR2WcAMB6Fq

Faixa a faixa

Papo Alternativo preparou uma resenha faixa a faixa de “Vivo, São e Salvo“, que você confere logo abaixo.

 

“Coragem”

O EP começa com a faixa “Coragem“. Como dito anteriormente, esta é a queridinha do duo. A música fala sobre buscar o sonho.

Lutar mesmo sozinho,
ser um herói por opção,
reconhecer-se só,
voltar atrás pedir perdão

Além de buscar aquilo que acredita, a canção, assim como seu título fala sobre algo que é necessário para fazer isso entre outras atitudes necessárias para viver em paz – a coragem.

 

Hediondo

A segunda faixa é “Hediondo“. Uma canção com uma introdução nervosa, rápida e pesada.  Em seguida, a bateria se mostra mais calma, em um ritmo que alerta que algo está por vir. Este mistério é quebrado quando chega o refrão e pratos ecoam juntamente com as distorções ácidas da música.

Se por comida eu fui levado a enlouquecer
Peço perdão se não me controlei
Se me deixar levar pelos instintos
De um simples animal

A música fala sobre uma pessoa que confessa um crime que cometeu, porém se pergunta se o julgamento e a punição são realmente justos. Por fim o personagem da canção questiona se existe alguém que realmente possa fazer tal julgamento.

 

Horizonte de Concreto

Uma sociedade desesperada, perdida em uma selva de concreto e gritando por ajuda. Essa é a mensagem presente em “Horizonte de Concreto“.

Pensamentos, conflitos, dilemas, tristezas e revoltas – tudo isso faz parte de um turbilhão no qual as pessoas estão inseridas. E , por mais que busquem uma saída ou solução, não chegam a nenhuma resposta. E o turbilhão se encontra presente em vários cantos da cidade grande, muitas vezes disfarçados ou esquecidos de tal forma que apenas “Sob lente de aumento é possível enxergar “.

22228522_2316546581904537_5711492428818922669_n

Qualquer Caminho

Já passamos da metade de “Vivo, São e Salvo” e em “Qualquer Caminho”, a Incólume ganha a participação especial de Gabi Ribeiro nos vocaisUma música leve, com jeito de canção de estrada, acolhedora e libertadora. A letra fala sobre proteção companheirismo, apoio. Sobre viver, deixar viver, querer ver o outro bem e batalhar lado a lado, junto a quem se ama.

Queria ter o poder de te assegurar
Que nada mais de mal irá te acontecer
Eu não tenho tanta força
Mas tente não se esquecer
Farei o que for possível
Pra sempre te ver sorrir

 

Toda Dúvida

Se a proposta era deixar questões sem respostas prontas, no encerramento do EP, em “Toda Dúvida“, a “Incólume” deixa isso bem evidente. Com questionamentos e dúvidas sobre os caminhos que são trilhados durante a vida. Certos ou errados? Isso não tem tanta importância, quando a dica aqui é duvidar de tudo, afinal as verdades não são únicas e respostas exatas não são necessárias.


 

Confiram o EP “Vivo, São e Salvo” no link abaixo e acompanhem o trabalho da Incólume, através da página oficial da banda no Facebook.

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s