A leveza do “Flanar” de Theuzitz

Por: Vinícius Aliprandino

capa

Foto: Rodrigo Dias / Arte: Theuzitz

 

São 21 anos, mas o espírito é do vigor adolescente. Em “Flanar” , novo single, lançado recentemente, o músico Theuzitz – derivação de Matheus – procurou resgatar a sensação de leveza que a adolescência traz.

A canção estará da mixtape “Diário de Bordo vol. 1”, organizada e lançada através do selo “Pessoa Que Voa”, a qual Theuzitz faz parte, juntamente com amigos e amigas do músico.

Na canção, Matheus cita versos que resgatam a essência descontraída e um tanto não comprometida com a responsabilidade de se prender. Situações como de abandonar, ou de nem entrar em uma festa ruim; e escolher um programa mais tranquilo e barato, como assistir a um filme terror trash, são citadas ao longo da canção.

“Que festa ruim
Eu não vou pagar
Vem e me segue
Vamos fazer samba
Ver um filme trash de garotas loiras”

Além da letra, a sonoridade reflete um ar de leveza e despreocupação. Para quem não conhece o significado da palavra, se buscar em algum dicionário irá encontrar: “Andar sem rumo, de modo ocioso, sem coisas com as quais se preocupar: precisava sair sem rumo, simplesmente, flanando.” Ou ainda, poderá ter como resultados, os sinônimos: passear, perambular, deambular, divagar, vagabundear e vaguear.

E Theuzitz não parou apenas na sonoridade e letra da canção, para demonstrar essa simplicidade. Uma das fotos de divulgação do single, mostra o músico, com olhar tranquilo, apoiando o queixo em sua mão e braço, em frente a uma pia de cozinha, com cortinas na janela, as quais tem galinhas desenhadas; um pouco de louça pra lavar; panelas no fogão; detergente e sabão ao lado. Tipicamente comum, e longe de fotos bem organizadas e montadas para parecer descoladas, e se mostrando distantes da realidade.

O “Diário de Bordo Vol. 1”, o qual trará “Flanar” é um compilado de músicas inéditas que terá a participação de artistas que fazem parte do casting do selo “Pessoa que Voa“.

O Papo Alternativo conversou com Theuzitz, e realizou uma entrevista, na qual o músico contou a respeito do single e a mixtape. Confiram a entrevista logo abaixo.



(Papo Alternativo) Theuzitz, obrigado por conversar com o Papo Alternativo. Para começar conta pra gente um pouco sobre o nome do disco “Diário de Bordo vol. 1”. O que exatamente vem nesse diário e quem é o pessoal que vai fazer parte deste trabalho junto com você?

(Theuzitz) O Diário de Bordo é a primeira mixtape da Pessoa Que Voa, selo que eu participo e organizo com vários amigos e amigas aqui em SP. O nome veio porque era uma forma simples de ligar o nome do selo a proposta do disco que é de todos os nossos artistas participarem só expondo canções novas e fazendo parcerias entre eles.

Então lá vai ter material, desde gente que já lançou nesse ano, como o Vinicius Mendes e a Eliminadorzinho, mas também muita estreia de gente que nós acreditamos, tanto na área da música quanto nas artes visuais (nesse caso a Locarina tá assinando tudo).

Os artistas que vão participar são: Vinicius Mendes, eliminadorzinho, Santos (único do RJ), Marchioretto, LVCASU, Quasar, Moblins, Calvin Voichicoski, Afago, Pelocurto e Miojocru. A intenção do disco é de se apresentar mesmo enquanto uma força só e mostrar que tá acontecendo uma outra cena nova e interessante aqui em São Paulo.

(Papo Alternativo) Entre as principais influências nessa nova fase do seu trabalho, estão questões pessoais e internas. “Flanar” mostra um sentimento leve, daqueles que sentimos quando adolescentes. Sem tantas preocupações, quanto na vida adulta e também de um jeito um tanto “irresponsável” e rebelde. Você conseguiu resgatar esse sentimento, mesmo sendo um adulto?

(Theuzitz) Hoje eu tenho 21, mas não me acho tão “convicto” emocionalmente em comparação há outros tempos, até. Eu sinto que nessa fase a partir dos 17, as pessoas começam a se “adultizar” de uma maneira muito precoce por inúmeras cobranças internas e externas e eu fui um fruto disso também. Hoje, eu já me sinto mais conectado com esse sentimento pueril, rebelde e milito por ele. Acho que nós precisamos dessa força pra poder sobreviver e ter autonomia.

(Papo Alternativo) Ainda sobre a ideia da “Flanar”, você acredita que as preocupações da vida adulta são desnecessárias e de todo mal, ou são, além de muitas vezes, impossíveis de não seguir, boas para o desenvolvimento pessoal, maturidade e aprendizado?

(Theuzitz) Não acho que são desnecessárias, pelo contrário, acho que a partir delas a gente começa a ver quais são as nossas prioridades de verdade. Todo mundo tem que viver bem e vai passar por dificuldades, mas ao mesmo tempo viver sem amar nada, ninguém, ou nem a si mesmo, é o maior erro possível. Eu me exponho nesse sentido na música porque também sou um no meio do processo.

Theuzitz

(Papo Alternativo) Na foto de divulgação do seu trabalho, vemos você diante de uma pia de uma cozinha comum. Uma foto diferente de todas as que geralmente se encontra nas divulgações de artistas. Esta foto com o ambiente comum, tem a intenção de a causar a sensação e casar com a simplicidade das coisas de “Flanar”?

(Theuzitz) Sim! Esses dois pontos foram pensados pra que eu fizesse a foto. Eu me sinto muito distante de alguns segmentos da música brasileira exatamente porque eu não encontro nada que me diga a respeito. Eu sinto muita pretensão e muito conservadorismo dos artistas em relação ao ouvinte, que também tem inúmeras vivências que não são contempladas por conta dessa distância que se gerou de alguma forma. Essa foto é da cozinha da minha casa, mas poderia ser qualquer outra cozinha e também é resultado de uma noite insone como tantas outras que eu já tive e tenho ainda. Eu quero que as pessoas que me escutem se sintam contempladas e iguais a mim, não se reprimam e se sintam bem sendo quem elas são.

(Papo Alternativo) Theuzitz, obrigado por bater esse papo alternativo com a gente. Pra fechar a entrevista, deixe um recado pra quem acompanhou a conversa.

(Theuzitz) Eu agradeço o convite e a quem leu tudo até aqui. Meu recado é de que fiquem atentos a “Pessoa que Voa” que já saiu outro single do LVCASU e a mixtape toda já vai sair dia 12 agora.


Confiram o single “Flanar” no link abaixo e acompanhem o trabalho de Theuzitz, através da página oficial do músico no Facebook.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s