Ex-Fumantes mostra que essa é “A Hora de Errar”

Por: Vinícius Aliprandino

37684210_1095757803933077_570102302329798656_n

Se existe uma hora para errar com certeza esse momento é agora. Até porque a banda Ex-Fumantes lançou o álbum que traz este nome – “A Hora de Errar”.

Entretanto, como muitos dizem que “errando é que se aprende”, a aposta desse instante em que a banda deu a cara a tapa e assumiu os riscos para errar, no final das contas resultou em aprendizado e acertos.

O disco traz 11 faixas e expõe todo o trabalho que a banda vinha desempenhando desde 2017. Além disso, o erro acertado dessa hora marca uma sequência da estrada da Ex-Fumantes, que anteriormente havia lançado o EP “Brazilian Max”.

As gravações aconteceram no Estúdio Rosa e teve a produção realizada pelo próprio vocalista do grupo – Lucas Mendes Gabriel.

As canções trazem temáticas, que debatem erros; contam a respeito de negatividade alheia, e como ela pode levar a desistência; paranoias; alienação; e também sobre se esquecer de viver de fato a vida, deixando se levar por uma ideia romantizada. Seja por ficar esperando algo melhor acontecer, e deixar bons momentos passarem, ou simplesmente por achar que aquilo não está bom tão, por sempre desejar aquilo que o senso comum define como perfeito.

Duas das canções do disco já haviam sido divulgadas ao público. O single “Ace and Kings” foi lançado junto de um lyric video, enquanto que a faixa “Jesus, Mary and Joseph Wrapped in Bubble Wrap” foi apresentada em formato de clipe descontraído, tomado por violões, sanfona, macaco de brinquedo, peruca roxa e chroma key.

 

Junto de Lucas (voz e guitarra), a Ex-Fumantes conta com Guilherme Doratioto (guitarra e voz), Eliel Simões (bateria) e Vinicius Almeida (voz).

Entretanto, mesmo com um time pronto e apto a errar para acertar, a banda recrutou mais alguns nomes para participar do trabalho. As participações de Alexandre Lima, Caio Cavalcante, Marcio Teodoro e Bruno Mantovani – da banda Doctor Mars; Pé Bossolan (H2Alcool), Vinicius Bertoldi (Impulso), entre outros, foram fundamentais para o resultado final positivo de “A Hora de Errar”.

 


 

Faixa a faixa

24 Minutos Antes da Hora de Errar” abre o disco e começa de maneira direta. Voz e cordas são os destaques, avisando que para aquele momento é necessário atenção máxima, então é bom desligar o celular para aproveitar a ocasião.

Ace And King“, que já havia sido apresentada ao público pelo lyric video, é a segunda faixa e traz um ritmo emocionante, com riffs marcantes e estrofes tranquilas, que contrastam com a potência dos refrões.

Em seguida é a vez da “Jesus, Mary and Joseph Wrapped in Bubble Wrap” – outra música que já havia sido divulgada, desta vez, através de um clipe. Destaque para o momento da participação especial do vocal que se encaixa perfeitamente junto da cozinha baixo e bateria.

Animal Hero, First Class“, é agitada e conta com a bateria marcada do início ao fim. “Wild” aparece no meio do caminho para quebrar os níveis mais velozes aos quais o disco se dirigia. A fórmula acertada é a mesma de “Ace and Kings“; e intercala muito bem estrofes tranquilas, com refrões altos e arrepiantes.

Melhores Momentos do Fim do Mundo” fala, de maneira desesperançosa, sobre alienação, política, revolta e como já diz o próprio nome da canção, um fim do mundo, causado por inúmeros problemas os quais a humanidade insiste em não corrigir.

IMG_5586

A Hora de Errar” chega de fato na sétima faixa do trabalho. Com a faixa inteiramente instrumental a não ser por um trecho de voz que solta um “uhhhhh“, em um rápido instante da canção, dando um charme maior à faixa.

James Brown” é perfeita para ouvir em um sábado a noite, jogado no sofá, com apenas a luz de um abajur acesa para acompanhar o momento. “Angels” é melancólica e traz vocais e riffs que trabalham juntos e comprovam um certo desespero da canção.

Stickers Bombs” é mais dançante, com momentos que transmitem suspense ritmados por um baixo compassado que se mostra forte até o final da música.

E como em entrevistas e trabalhos temos as considerações finais, o disco não poderia ser diferente. “Considerações Finais Após a Hora de Errar” aparece para encerrar o álbum. Uma canção com destaque para as cordas e a voz, sem a presença da bateria – um encerramento, um agradecimento e um final que encerra aquela hora de errar, mas que mostram que para acertar é preciso se desligar do mundo, sentir a realidade do momento e viver.

O lançamento aconteceu de maneira nacional e internacional. No Brasil, o álbum saiu pela Crooked Tree Records, enquanto nos Estados Unidos a Marly Records foi responsável pelo lançamento.

Confiram o disco no link abaixo e acompanhem o trabalho da Ex-Fumantes, através da página oficial da banda no Facebook.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s