As “Capoeiras” e o folk de Murilo Salazar, no Grava Session

Por: Vinícius Aliprandino

36826251_2574246849381271_5250308858903003136_n

Em abril deste ano, o músico e compositor Murilo Salazar lançou seu primeiro trabalho solo – “Matéria Solúvel“.

O EP marcou estréia do artista que aproveitou a fase de hiato da sua banda – Ratclif, para explorar um outro lado da música. O trabalho traz 5 canções que passeiam pelo folk e que ainda contam com várias pitadas de MPB.

As faixas que compõe “Matéria Solúvel” são “Capoeiras“, “Por Aí“, “1992“, “Resumo da Ópera” e “Envelhecidos no Relógio” e teve a produção de Felipe Melo (Opa! Music) e foi gravado no Valvestate Studio em Florianópolis-SC.

Recentemente, o músico decidiu gravar um material para ser assistido. Então Murilo participou do projeto “Grava Session”, da Redário Conhecimento, em parceria com a Ellas Produtora e Popz Content. Na session, Murilo, acompanhado de um violão,  levou todo o folk apaixonado da música “Capoeiras” para tomar as telas.

A gravação acoteceu no Estúdio Decibel  e contou com a edição de Guilherme Góes.

“Menina, to de pé nas capoeiras que você abriu no meu coração
Menina, eu até sei me virar, barriga cheia e bom abrigo não fariam mal pra nós”

Confiram a session de “Capoeiras” no link abaixo e acompanhem o trabalho de Murilo Salazar, através da página oficial do músico no Facebook.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s