Varal Estrela desperta de dentro do olho do “Furacão”

Por: Vinícius Aliprandino

varaLestrela (18 de 22)

Um momento, uma chuva que se forma, uma ventania que avisa que a tempestade está por vir – de momentos nascem as influências e despertam sentimentos que podem dar vida à arte. E foi assim que surgiu a vontade de criar a letra de “Furacão”, da banda Varal Estrela.

Da canção nasceu o clipe, que traz a banda tocando, em um local, onde antigamente se fazia curtume, na cidade de Itapeva-SP, com os integrantes da banda uniformizados. Com uma fotografia forte e limpa a banda se apresenta com um gingado embalado pela música dançante da Varal Estrela.

O ritmo da faixa bebe das influências de ritmos regionais como o maracatu e o baião, que casam com muita facilidade com o rock da Varal Estrela.

A letra de “Furacão” surgiu em uma época em que a vocalista, Thaís Rolim, sentia uma agitação por compor, devido ao fato de estar já há quase um ano sem escrever uma canção. A busca por respostas e a necessidade de mudar ganharam novos rumos em um dia comum, em que a artista foi ao banco. Estava calor e sinais indicavam que uma chuva iria cair a qualquer momento.

Eu fui ao banco pagar uma conta. Era um dia de calor, abafado, com uma chuva armada pra cair a qualquer momento. De repente se formou uma forte ventania que carregava as folhas em círculos pelo ar. Foi quando tive esse estalo – “Sou olho do Furacão, sou movimento que só vai….” – Aquela imagem, de alguma forma, representava exatamente o que eu precisava naquele momento“, explica a vocalista.

varaLestrela (20 de 22)

A faixa expressa aquela vontade de falar o que vem de dentro. É a necessidade de gritar ao mundo e fazer algo para mudar e despertar. Ela representa a busca pelo alívio em se expressar e a conquista desse objetivo. É o momento de buscar forças e se reencontrar.

Eu havia passado por um período de estagnação que me incomodava. Sabia que aquilo não era eu, sou movimento, sou filha de Iansã (Orixá dos ventos, raios e tempestades). Foi o momento de me reencontrar, agir com intensidade e força, lembrar a guerreira que existe em mim. A força do feminino e da mulher, como uma bomba atômica prestes a explodir“, conta Rolim.

“Eu sou bomba atômica
Prestes a explodir
Eu sou o início do fim
E não há nada
Que me faça parar”

 

Furacão” foi gravada por Gerson Santos, na cidade de Itapeva-SP e contou com a mixagem de João Antunes, em Sorocaba-SP. Felipe Carvalho fez participações especiais na bateria, enquanto que Gilliard Machado mostrou suas habilidades nas percussões. Além dos dois, a banda também contou com o DJ e produtor Maestro Billy, que exibiu seu talento nos teclados.

Já o clipe teve as mãos do fotógrafo Eduardo Prado, na parte de produção. A edição ficou sob a responsabilidade do baixista Thalles Macedo. A assistência de produção foi realizada por Anahê Butzer.

O figurino, que os integrantes da Varal Estrela utilizam no clipe, foi produzido especialmente para a ocasião. A ideia surgiu da vocalista Thaís e foi realizada por Rita de Cássia Souza.

O grupo itapevense conta com Thaís Rolim, Rodolfo Braga, Lucas Silva e Thalles Macedo.

Confiram a música e o clipe de “Furacão” nos links abaixo e acompanhem o trabalho da Varal Estrela, através da página oficial da banda no Facebook.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s