Cordillera lança clipe de “Black Sea”

Por: Letícia Moraes

Cordillera still 8

Unindo a vontade de mostrar o rock contemporâneo, o quinteto Cordillera traz seu novo clipe “Black Sea”. O som da banda é todo trabalhado para surtar até sua alma, atingir os tímpanos mais exigentes e fazer valer a pena.

O grupo já teve colocações em playlists importantes do Spotify, como: TMDQA e Novo Rock Brasil. Eles também levaram seu show ao sudeste e sul do Brasil tocando em casas importantes para o meio underground (A Obra em BH, Casa Rock em Campinas, 92 Graus Underground Pub em Curitiba, Feeling Musica Bar em São Paulo e Oculto em Porto Alegre).

Em Black Sea podemos notar uma abordagem mais direta e econômica, se comparada a outros trabalhos. A canção se arremata com todos os ingredientes necessários para uma canção de rock clássica, porém com uma produção e roupagem que trazem novo sentido ao tema, fugindo dos clichês.

Ainda esse ano, previsto para outubro, deverá surgir o próximo álbum da banda. Mas o single já nasce para antecipar o fervoroso trabalho e deixar com gostinho de “quero mais”, acompanhado de um videoclipe e uma turnê de divulgação da banda.

O vídeo mostra a banda tocando de forma descontraída com lapsos de emoção. Um clipe puro, simplista e intimista. Que seduz tanto pelo som, quanto pelas imagens bem trabalhadas em sua iluminação e resgate de cenas. O clipe foi dirigido, escrito e produzido por Rafael Gimenes, com mixagem e masterização de Victor Oliveira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.