Crimes ambientais representados em clipe da Revolução

Por: Letícia Moraes

Revolução_BW (27)d

Recentemente, a banda Revolução lançou um disco intitulado “Era Uma Vez no Brasil”, e agora eles acabam de divulgar um vídeo para a faixa, que leva o título do disco. No clipe há cenas dos tristes eventos ocorridos em Mariana (2015) e Brumadinho (2019).

Em Brumadinho, o mais recente crime ambiental, temos a confirmação de 247 mortes e 23 desaparecidos, dados do início de julho. Os dois crimes estão longe de serem resolvidos da forma correta, o que enxergamos é apenas impunidade.

A banda continua divulgando seu novo disco em Belo Horizonte, mostrando seu som e usando da arte da música para fazer críticas construtivas, como no caso dessa canção. As cenas mostradas no vídeo, por serem reais, chegam a dar arrepio àqueles que se enojam com a falta de justiça diante dos casos.

O crime de Brumadinho aconteceu no dia 25 de janeiro e somente recente, dia 9 de julho, a empresa Vale teve sua primeira condenação estadual pelo rompimento da barragem. Com um bloqueio de 11 bilhões de reais para reparações, porém a empresa não foi impedida de continuar com suas atividades.

Em Mariana, ocorrido há mais de 3 anos, ainda hoje não houve reparo nenhum, mesmo tendo sido considerado o maior desastre ambiental do Brasil, que surtiu seus efeitos em todo o estado. Apesar de 22 pessoas e quatro empresas responderem na justiça pelo crime, nenhuma grande atitude foi tomada.

“Essa música fala sobre muitos problemas do vídeo, resolvemos lançar o vídeo com essas cenas pois são dois crimes que estão longe de serem resolvidos da forma correta. A parcialidade da justiça brasileira para o lado dos mais poderosos é algo triste e evidente nesse caso. É tanta coisa ruim acontecendo que as pessoas acabam se acostumando aos erros, mas isso não é normal, precisamos de mais empatia “,
diz Johnny Kiff, autor da letra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.