Do recomeço à liberdade – o EP “Trembling Eyelids”, do duo Aldo

Por: Vinícius Aliprandino

ALDO 01.jpg
Foto por Gabriela Schmidt

Recomeçando os trabalhos do zero, após apagar todos os registros anteriores das plataformas digitais, a fim de mostrar a nova fase, que representa sua proposta atual. O duo Aldo, formado pelos irmãos Murilo e André Faria, lançou o EP “Trembling Eyelids”, através do selo inglês Full Time Hobby.

Com 4 faixas, neste trabalho, a dupla deixa o lado pop um pouco de lado e explora um estilo mais sombrio e alternativo.

De acordo com os irmãos Faria, ao contrário dos trabalhos anteriores, onde cada música tinha mais a característica própria de um integrante, enquanto outra poderia soar mais como sendo a pegada do outro, em “Trembling Eyelids”, tudo foi feito em equipe, de modo que todas as faixas do EP façam total sentido para os dois integrantes.

Pra gente, foi muito mais instintivo do que já foi no passado. Não tivemos muito plano, escolhemos no dia o que íamos gravar”, conta André.

Nós estávamos buscando algo diferente das músicas que estávamos ouvindo e fazendo, queríamos de fato produzir algo que soasse novo e que tivesse um processo mais espontâneo”, completa Murilo.

A presença de sintetizadores dão um charme às canções, que exploram uma diversidade de temas. Entre eles, a insônia, com a qual os irmãos convivem, está presente na faixa que abre o EP e leva o mesmo nome do trabalho de Aldo. Além da dificuldade para dormir, outra atividade difícil para os membros do duo praticarem se faz presente na temática da música – morar em São Paulo.

Através de uma levada de berimbau surgiu o beat de “Papermaze”. A segunda faixa do EP teve sua linha de baixo inspirada em Kim Deal, do Pixies. E para ser ainda mais interessante, é importante ressaltar que a canção nasceu em trânsito, durante uma viagem pela estrada em direção a Campos do Jordão-SP. Mais uma vez a cidade de São Paulo é tema do EP. Desta vez a banda aborda sobre o caos de viver em uma cidade tão agitada como é a capital paulista.

A terceira música do trabalho é “Ghosts”. Após a faixa ganhar uma primeira versão, o grupo decidiu realizar outra criação, utilizando de elementos eletrônicos e uma letra, que conta sobre o medo de fantasmas, que poderiam estar vagando pelo estúdio, enquanto a banda trabalhava no EP, durante as madrugadas.

Encerrando “Trembling Eyelids”, com um sensação de nostalgia, “Craving” mostra um lado mais introspectivo do EP.

Confiram o EP nos links abaixo e acompanhem trabalho do Aldo, através da página oficial do duo no Facebook.

 

Bandcamp

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.