Em clima de alerta e denúncia, Vinil Moraes apresenta “É o Choque”

Por: Vinícius Aliprandino

Eo Choque

Em parceria com Dom Bugre, alertando e denunciando a gravidade da situação em que se encontra a natureza e a preservação das tribos indígenas, o cantor e compositor sul-mato-grossense, Vinil Moraes, lançou o clipe de “É o Choque”.

O single está disponível desde o dia 9 de setembro e trata a respeito de vários assuntos, – da liberação de agrotóxicos à falta de respeito com os povos indígenas, da resistência quilombola até a luta feminista.

O clipe traz cenas do músico desenvolvendo sua performance enquanto canta, em meio aos elementos eletrônicos que compõem a canção e embalam o tom crítico da música.

O clipe teve a produção de Malac TV e a coprodução realizada por F/1ponto4. A direção é de Léo Coutinho, enquanto que a direção de fotografia ficou a cargo de Daniel Retz.

Os assistentes de câmera foram Eduardo Sansigolo e Eduardo Kenji. Rafael Caetano realizou a performance de dançarino no vídeo. A fantasia ficou a cargo de Arte Plasmática e o figurino por Miriam Santiago.

A produção musical da voz foi feita por Rafo Dchv. Já a produção musical e mixagem do instrumental ficou sob a responsabilidade de Jah Nilo (Redskywalker Sounds). Teve também a mixagem voz e masterização analógica que foram realizadas por Buguinha Dub.

A produção e o lançamento da faixa ficaram a cargo do selo RedSkyWalker Sounds.

Confiram o clipe de “É o Choque” no link abaixo e acompanhem o trabalho de Vinil Moraes, através da página oficial do músico no Facebook.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.