A impactante história de “Laika Não Morreu!” em videoclipe

Por: Letícia Moraes

image002

No dia 11 de outubro foi lançado o clipe da faixa que dá nome a banda, “Laika Não Morreu!”. Não se trata apenas de um nome diferente, a história por trás é marcante, intensa e inesquecível para os ativistas da causa animal.

Em uma competição espacial dos soviéticos contra os EUA, que eles treinaram a cadela Laika e a enviaram à bordo do satélite Sputnik 2, em novembro de 1957, para testar a viabilidade do ser vivo. O objetivo era que a cadela permanecesse lá por apenas sete dias, mas ela faleceu no primeiro dia devido a alta temperatura local.

E foi nessa história que a banda paulistana se baseou para criar o clipe em animação, com ilustrações assinadas pelo britânico Nick Abadzis (escritor e artista de HQs). O grupo é liderado por Gisele Lira (The Voice Brasil 2018).

Diferente do que ocorreu na realidade, o clipe dá a Laika um final feliz ao lado da vocalista. Onde ambas, sentadas ficam olhando o Espaço, refletindo toda aquela grandiosidade. A canção faz parte do álbum “Estado Plasma”.

“Toda a história do experimento comove e causa reflexão. O fato de ter sido uma cadela, uma fêmea a ir ao espaço pela primeira vez, torna tudo ainda mais emblemático e, de certa forma, inspirador. Vale lembrar que Laika foi a escolhida, entre tantos outros cachorros, por ser a mais dócil, mas também por ser a mais forte e resistente. É impossível não ver similaridades entre essa história e os dias de hoje, onde muitas mulheres ainda sofrem com vulnerabilidade, desigualdade, abusos, e até morte, que são causadas, majoritariamente por relacionamentos abusivos. Onde nos vemos numa relação totalmente desequilibrada, de objetificação, posse e interesse”,
declara Gi Lira, vocalista da banda.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.