Descobertas e amadurecimento marcam EP “Vênus em Virgem”, de Lori

Por: Vinícius Aliprandino

Lori - Credito Gabriel Monteiro (1)
Foto por Gabriel  Monteiro

Um olhar ingênuo diante da dúvida, da pressão social e tudo mais que possa fazer parte do universo de alguém que passa pelos anos.

A fase é complicada e foi inspirada nessa dificuldade que a cantora e compositora ítalo-brasileira, Lori compôs seu trabalho de estreia. O EP “Vênus em Virgem”, conta com faixas e exibe todas as influências que a artista carrega do pop, EDM, grove e o R&B.

Junto de synths e guitarras a suave voz de Lori trata a respeito das suas diversas facetas, com as quais ela encara a vida, a fase e o universo. Porém o momento reflete não apenas o momento de modo inocente e passivo, é também uma passagem carregada de descobertas, crítica e amadurecimento.

Ao mesmo tempo, o trabalho faz referência à natureza conflitante. De acordo com a cantora, o nome do disco não se dá por acaso. Escolhido a dedo, de forma que fosse totalmente compatível com a ideia do EP, o título traz “Vênus” representando a forma de amar e ser amado, enquanto que “Virgem” representa a figura de uma mulher que observa o mundo, através de sua ingenuidade.

As canções que integram “Vênus em Virgem” são “Entregue (É um Ciclo)”, “Interlagos”, “Do Que Você Tem Medo?”, “Vênus em Virgem” e “Voltando pra Casa”.

A produção musical foi realizada por Gabriel Nascimento. As guitarras são de Lucas Carrasco. Os arranjos da faixa “Voltando pra Casa” foram realizados pelo músico Eder Antonio.

 

Clipe

Além do EP, a cantora também lançou o clipe de “Entregue”, que teve a produção, roteiro, direção e direção e fotografia de Mowth Produções.

Além da produtora, outras pessoas também tiveram participações nos trabalhos. Clarissa Celori cuidou da parte de roteiro, Amanda Fenandes realizou a direção e Ricardo Aranda realizou a direção de fotografia.

A filmagem ficou a cargo de Gabriel Monteiro e Claudinei Barbosa. Já a parte de edição e finalização foram realizadas por Lucas Pietrobon.

A parte de assistência foi realizada por Matheus Cunha e a coordenação de produção por Amanda Fernandes. Gustavo Medeiros e Will Jhon apresentaram suas performances na parte de dança e coreografia. A maquiagem é de Taise Pimentel e a assistência de maquiagem é de Beatriz Duranzi, juntamente com Tamy Megumi.

O clipe exibe, corroborando a letra da canção, cenas que representam momentos de dúvidas, descobertas e o olhar ingênuo diante de uma cidade grande.

Confiram o EP “Vênus em Virgem” e o clipe de “Entregue” nos links abaixo. Acompanhem o trabalho de Lori, através da página oficial da cantora no Facebook.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.