A esperança para os dias melhores em clipe de “Ai, esse dia”, de Tôrta

Por: Vinícius Aliprandino

Still - Ai, Esse Dia (5)

Tem dias que nada dá certo. Tem dias que o melhor parece ser que ele acabe. A ansiedade, a aflição e a frustração, em relação a esses dias e a momentos, foi de onde Tôrta, projeto solo da cantora e compositora May Manão, tirou as influências e experiências para poder escrever a canção “Ai, esse dia”, que também ganhou um clipe e abre caminho para os lançamentos que virão em seguida e serão parte do EP, que a cantora irá lançar em 2020.

A ansiedade abordada na faixa se dá na espera de que os dias ruins, acabem. “O que me resta é esperar que vai passar”. Essas são algumas da palavras que Torta canta na canção, na esperança de que em alguma hora tudo vai melhorar. Enquanto isso, a cantora toma um café, durante o clipe, aguardando e tentando conter a ansiedade. Pregos tortos entram em cena, a xícara transborda e derrama todo o líquido que a preenche, tudo simbolizando aqueles dias.

Porém, o dia fatídico, os dias de sol, chegam e levam toda a ansiedade, angustia, espera e frustrações embora. Neste momento, o clipe é tomado por uma animação, refletida tanto na música, quanto nas cores, que a partir desse momento, se tornam mais vivas, em contraste com o branco predominante e sem graça das cenas anteriores.

A canção se refere também, não somente a forma de lidar com os dias ruins que todo têm normalmente, mas serve de referência para os dias turbulentos, conturbados pelo cenário político e social do país. A ideia de que tudo uma hora vai passar, reflete o otimismo e a esperança de que todos os problemas atuais cessem e cedam espaço para dias melhores, também nessa questão.

Tudo que eu escrevi não estava bom o suficiente. Então resolvi falar sobre as sensações destes dias, em que parece que o mundo vai acabar, as coisas não funcionam como você planeja, com um monte de ideias, mas sem conseguir focar em nada. E então tudo resulta num grande branco, que me inspirou a ideia para o clipe. O vídeo tem uma construção baseada no ciclo que percebi nas minhas crises, e leva uma mensagem, até otimista, de que tudo se dissipa”, conta May.

A direção de montagem do clipe é de May Manão. A direção de fotografia ficou por conta de Renata Pegorer. Já a direção de arte e o figurino são de Samyra Oliveira. O still e a assistência de produção ficaram a cargo de MF. A maquiagem é de Gabs Rocha e Ana Malaxoski.

Confiram o clipe “Ai, esse Dia”, no link abaixo e acompanhem o trabalho de Tôrta, através do perfil oficial do projeto no Instagram.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.