O aconchego do “Moletom” – EP de Sávio

Por: Vinícius Aliprandino

Moletom (1)

 

Os dias têm sido duros. A vida em quarentena, o medo e a ansiedade são obstáculos que temos que lidar diante de tanta coisa pesada ao nosso redor. É natural se sentir cansado e a procura de um conforto.

Com essa ideia, o cantor e compositor carioca Sávio lançou o EP “Moletom”.

Com 5 faixas, que são embalados pelo ritmo da MPB e da música Pop. o trabalho busca levar a quem escuta a sensação de conforto. Aquela mesma ideia de chegar em casa, depois de um dia cheio (em tempos fora do isolamento), e colocar uma roupa confortável, que transmita tranquilidade e aconchego.

As músicas que fazem parte do EP são “Bonita de Contar”, “Moletom”, “Acaso”, “Saudade É”e “Faixa Extra“.

 

Savio_por_Julia_Bittencourt_matéria_papo_alternativo
Foto por Julia Bittencourt

 

“‘Moletom’ é um EP que me ensinou muita coisa durante a produção e me fez ter certeza do caminho futuro. Não existe nada melhor pra mim do que ouvir que alguém chegou em casa cansado e colocou meu som pra relaxar”, conta Sávio.

Além do EP, o músico também lançou, para cada uma das canções, um clipe, que você pode conferir logo abaixo, juntamente com uma breve descrição e história de cada uma das partes que compõem “Moletom“.

 

As faixas –  do aconchego a saudade

 

Na dianteira do trabalho “Bonita de Contar’ abre com um reggae. Leveza e calmaria relatam o relacionamento atual do artista.

 

 

Em seguida, “Acaso” chega, um tanto melancólica, sem nenhuma intenção de trazer conclusão. Pensamentos aleatórios que não chegam a nenhuma conclusão são temas da canção.

 

 

A faixa 3 o disco é a mesma que carrega o nome do EP. “Moletom” foi escrita de um pequeno chalé, na cidade de Petrópolis – RJ, nos dias em que Sávio passou uns dias. A intenção com a canção foi a mesma do disco. Levar a sensação de algo gostoso e macio de escutar. Leve e calmo, assim como foram os dias de tranquilidade em que Sávio compôs a música.

 

 

Na sequência vem “Saudade É”. Inspirado pelos turnos das madrugadas, o artista escreveu refletindo a respeito de como as pessoas complicam os pensamentos e os confundem com os sentimentos.

 

 

A música é lenta e consegue captar a essência de alguém que se pega pensando na vida, com várias lembranças na cabeça, mas tendo uma saudade boa. Sem querer ter aquilo naquele momento e sentindo que ter a lembrança de alguém ou de alguma época dentro de si, já é o suficiente, sem a necessidade de posse.

 

Faixa Extra” é daquelas músicas que surgem do nada e sem pretensão alguma. Durante o processo de gravação de “Moletom”, Sávio e o produtor Vinícius Pitanga conversavam, durante uma pausa nos trabalhos, ao mesmo tempo em que comiam alguma coisa e esfriavam um pouco a cabeça.

 

 

Conversa vai e conversa vem, o músico decidiu pegar a viola para mostrar algumas ideias perdidas que ele tinha composto.

Encantado com as ideias, o produtor convenceu Sávio de que elas deveriam virar uma das faixas do EP.

 

Savio_por_Julia_Bittencourt_matéria_papo_alternativo
Foto por Julia Bittencourt

 

A produção do trabalho foi realizada pelo próprio Sávio, ao lado de João Damian. A mixagem e masterização ficaram a cargo de Vinícius Pitanga.

Confiram o EP “Moletom” no link abaixo e acompanhem  trabalho de Sávio, através da página oficial do cantor no Facebook e do perfil no Instagram.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.