Yannick Hara se une à Ariele Rodrigues e João Pedro Cé em crítica de “Cálculo”

Por: Vinícius Aliprandino

A cada criança que nasce, mais um número inválido“. Em crítica à forma como somos tratados – apenas como mais um número pelo sistema, o rapper Yannick Hara em parceria com a cantora Ariele Rodrigues lançou o single “Cálculo

A faixa teve a produção de João Pedro Cé. Além de produtor musical, João Pedro é também psicoterapeuta e já trabalhou com artistas como a própria Ariele, Bel Medula e Lays Prado. Recentemente, João lançou seu mais novo disco intitulado “Berço“.


Números e apenas mais números

A música aborda a forma como cada pessoa é tratada pelo sistema. Seres que respiram e sentem são classificados em uma fila numérica – apenas mais um registro, seja pelo RG, CPF ou o documento utilizado para classificar e identificar o indivíduo. Um óbito a mais, um nascimento a mais. Como se em cada um desses registros, não tivesse sentimento e nem vida.

Porém a canção não para por aí. Em crítica ao modo como também a população é empurrada para um abatedouro na fila em busca do auxílio emergencial, e que para suprir a demanda e diminuir a sobrecarga de filas quilométricas, que se formam em busca do sustento de quem não tem o que colocar para comer na mesa, a faixa também trata do tão comum e conhecido, ainda mais por quem fez uso do auxílio – “baixe o aplicativo”.

O produtor musical João Pedro Cé

A questão é ainda mais profunda

Ainda sobre o auxílio emergencial, “Cálculo” não deixa esquecer de que o programa atua como cabo eleitoral do presidente brasileiro, que busca reeleição em 2022 e já se encontra em campanha, durante seu mandato, fazendo uso da máquina pública ao seu proveito, ao invés de buscar sanar os problemas reais e mais profundos da população, inclusive na questão da economia e da pandemia do país.

Desta forma, é possível perceber o quanto a população se torna massa de manobra e refém do governo Bolsonaro, que, ao invés de buscar uma solução efetiva para o problema, prefere soltar migalhas e assim convencer parte do eleitorado a seu favor.

A canção segue a linha crítica e a estética cyberpunk que relaciona um mundo apocalíptico e distópico da saga Blade Runner, a qual o rapper se inspirou e relacionou em seu álbum “O Caçador de Androides” e os singles lançados na sequência, com a realidade atual do mundo, em especial a brasileira.

Onde a tecnologia ao invés de servir como ferramenta auxiliar na vida da população, é utilizada como meio de aprisionar, manipular e categorizar cada um, em troca do dinheiro e poder daqueles que a detém.

Confiram o single “Cálculo” nos links abaixo e acompanhem o trabalho de Yannick Hara, através da página oficial do artista no Facebook e do perfil no Instagram.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.