Faixa a faixa – Infante e seus “Retalhos e Pensamentos Mal Costurados”

Por: Vinícius Aliprandino

Arte por Fernando Lodi

A pressa é inimiga da perfeição. Pode parecer clichê e isso não ser uma regra, mas no caso da Infante foi exatamente esse o segredo para o EP “Retalhos e Pensamentos Mal Costurados”.

Se os pensamentos estão mal costurados e a vida cheia de retalhos, para balancear a situação, a banda de rock alternativo de Jundiaí-SP costurou muito bem o novo trabalho e fez dele um todo completo, sem buracos.

O EP foi sendo construído com muita calma e dedicação desde 2017. Naquele ano a ideia do álbum surgia quando o vocalista e guitarrista Fernando Lodi mencionou nome que viria a ser o título do trabalho. Até então a banda não tinha costurado as ideias, porém após todo o processo, a gravação e mixagem do EP, os integrantes da Infante perceberam como o nome se encaixou perfeitamente.

Devagar se vai ao longe

As gravações tiveram início em 2018, com as guias. Em seguida, em 2019, foi a vez de dar vida às guitarras e aos baixos das 4 faixas que compõem “Retalhos e Pensamentos Mal Costurados”. Já em 2020 foi a vez de dar o toque e os pontos finais com a masterização do EP.

Nas temáticas o amadurecimento da banda através de abordagens que tratam da música, pensamento social-político, relacionamento, solidão e muito mais. Na sonoridade a Infante optou por não se prender às distorções e vocais rasgados.

Foto por Amanda Godoy

Faixa a faixa

O EP tem início com “Paraíso Particular”, abordando situações de amargura, de sentir pena de si mesmo e estar acomodado e sem reação diante de algum bloqueio que tem na vida. Intercalando entre momentos tranquilos e outros mais agressivos, a sonoridade explora o contraste entre velocidade, peso e agressividade da canção.

Desligue todos os aparelhos e volte a dormir.
Talvez só assim você se sinta bem de novo

A segunda faixa é “Novela Mexicana”. Com influências da época em que o vocalista Caio Molena estava viciado na série “Narcos”, a música carrega um ar melancólico em sua introdução. Em certo momento, o caos parece tomar conta com o peso da canção. A letra da música trata do problema de visão  (ceratocone) de Molena. A enfermidade diz respeito a dificuldade em enxergar em ambientes de pouca liuz, ou ter a visão turva ou sensível à luz e a claridade.

Foto por Letícia Madeira

Se Você Tivesse Um Encontro Com Você Mesmo, Levaria Flores”, vem na sequência carregando uma sonoridade mais positiva, com uma letra que fala sobre estar bem consigo mesmo, se aceitar e se descobrir.

Encerrando O EP, “Vem e Vai” chega calma, como quem não quer nada e aos poucos toma espaço e ganha corpo. Destaque para os efeitos na voz nos refrãos, criados a partir de um pedal de distorção ligado a voz.

Ficha técnica e a Infante

A mixagem, produção e masterização foram realizadas por Caio Molena e Fernando Lodi. As gravações aconteceram no Estúdio Jardim Elétrico. A capa do EP foi feita por Fernando Lodi.

A Infante é da cidade de Junidaí-SP e conta com Caio Molena (voz e guitarra), Fernando Lodi (voz e guitarra), Guilherme Lucas (baixo) e Danilo Guarniero (bateria).

Confiram o EP “Retalhos e Pensamentos Mal Costurados” no link abaixo e acompanhem o trabalho da Infante, através da página oficial da banda no Facebook e do perfil no Instagram.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.