Bayside Kings critica a “Miragem” que prioriza o futuro ao agora

Por: Vinícius Aliprandino

Foto por Jow Head

Existencialista, próximo ao público brasileiro no idioma e firmando os pés no agora, para poder vivenciar os momentos, estar presente e consciente de suas ações. Tudo isso sem perder a fúria do hardcore e sem deixar de ser crítico.

O momento sócio-político atual brasileiro fez a banda Bayside Kings mudar um pouco seus rumos, mas sem perder sua força.

Dando continuidade aos lançamentos que formarão o EP “#livreparatodos”, a banda lançou a faixa “Miragem“. A música chega em parceria, na distribuição digital, com a Olga Music e traz, igual ao single “Existência”, lançado anteriormente, uma reflexão existencialista.

Quando se esquece o agora

A faixa aborda a respeito de viver o momento e ter consciência do agora. A crítica vai em direção a sensação do futuro que nunca chega. Está sempre lá no horizonte, como se fosse uma miragem. Ao parecer alcançar aquele ponto, outro se forma ainda mais adiante, de modo que essa infinita busca, ofusque o presente e esse passe despercebido.

Estamos constantemente em busca de um ponto final, pensando sempre no futuro e não raramente, neste processo, esquecemos do presente, do viver o agora“, explica o vocalista Milton Aguiar.

“Existir além daqui é pertencer à algum lugar
Agir aqui é entender, e achar um novo eu,
um novo você é pertencer pra logo ali
Talvez assim , coexistir e conviver”

Novos formatos e campos de diálogo

Na sonoridade a banda também soma novos formatos. Mais melódico e influenciado pelo post-hardcore, do que outros trabalhos do grupo, porém sem deixar de lado a agressividade musical. E, desta vez, para se comunicar mais diretamente com o público, a faixa é cantada em português.

A mudança também, se justifica pelo fato da Bayside Kings ir em busca de novos campos de diálogo. O vocalista do grupo estudou as métricas do português para melhor adequar a sua forma de cantar. Bandas como Colligere e Mais Que Palavras serviram de referências para o músico, neste processo.

A canção foi gravada no TOTH, em Guarulhos (São Paulo). A mixagem, masterização e produção ficaram a cargo de Danilo de Souza e Fernando Uehara (músicos do Bullet Bane).

Confiram “Miragem“, aqui, e nos links abaixo e acompanhem o trabalho da Bayside Kings, através da página oficial da banda no Facebook e do perfil no Instagram.

AJUDEM O GAPP E SEUS GATINHOS PIFENTOS

Caros leitores e amigos. Saindo um pouco do assunto de arte e indo para outra arte. A arte de amar e ajudar. Não pedimos contribuições nenhuma para nosso site, mas queremos pedir que vocês contribuam, com qualquer quantia ou ação, com o pessoal do GAPP (Grupo de Apoio aos Pretinhos Pifentos).

Para ajudar, basta doar qualquer quantia para os seguintes meios:

PIX: gapp_contrapif@hotmail.com
Picpay: camila.dstefani


O GAPP é um projeto da Camila, da Giulia e da Fernanda, que tem como foco arrecadar dinheiro para gatinhos que tem a PIF. Essa é uma doença que atinge muitos dos gatinhos. Nem todos os contaminados desenvolvem os sintomas, porém o GAPP tem como meta ajudar os tutores dos que são acometidos pela PIF e tem suas complicações.

Para conhecerem melhor o trabalho do GAPP, acessem o perfil deles no Instagram (@gapp_contrapif). Lá tem as rifas que elas fazem para ajudar os bichanos, tem os casos e gatinhos que elas atendem e repassam o dinheiro.

Toda quantia é direcionada aos gatinhos que elas ajudam.

Quem não puder contribuir financeiramente, basta compartilhar o trabalho delas, curtir e comentar as postagens do GAPP no Instagram. É fácil e rápido. Vamos ajudar!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.